Carta da Terra deve integrar polticas e leis brasileiras


21/07/12 - Na ltima sexta (13), a sede do WWF-Brasil foi palco de uma reunio da Rede Brasileira da Carta da Terra. A entidade passou a integrar o movimento durante a Cpula dos Povos da Rio+20, em junho, no Rio de Janeiro. Uma srie de encontros ser realizada at o fim do ano, quando acontecer uma conferncia nacional sobre o tema.

A rede nacional formada por mais de 30 entidades da sociedade civil, empresrios e governos, dedicadas a chamar a ateno para a importncia da carta e a organizar a sociedade civil para demandar que os princpios do documento passem a fazer parte das polticas pblicas e da legislao brasileiras.

A Rede Brasileira reforar o trabalho mundial pela difuso e implantao dos valores da Carta da Terra como alternativa crise do atual modelo civilizatrio, disse o conselheiro do Instituto Alternativa TerraAzul, Pedro Ivo de Souza Batista.

O texto da Carta da Terra comeou a ser discutido na Rio92 e traz princpios globais voltados para a sustentabilidade ambiental, a democracia, a paz e a justia social.

Um dos trechos afirma que Os padres dominantes de produo e consumo esto causando devastao ambiental, esgotamento dos recursos e uma massiva extino de espcies. Comunidades esto sendo arruinadas. Os benefcios do desenvolvimento no esto sendo divididos eqitativamente e a diferena entre ricos e pobres est aumentando. A injustia, a pobreza, a ignorncia e os conflitos violentos tm aumentado e so causas de grande sofrimento. O crescimento sem precedentes da populao humana tem sobrecarregado os sistemas ecolgico e social. As bases da segurana global esto ameaadas. Essas tendncias so perigosas, mas no inevitveis.

No evento de lanamento da Rede Brasileira, em junho, o telogo e membro da Comisso Internacional da Carta da Terra Leonardo Boff lembrou que o documento fruto da maior consulta que j se fez no mundo. Ela no veio das instncias burocrticas, mas nasceu do grito da terra, dos quilombolas, dos indgenas, de todos os movimentos sociais do mundo.

O conceito de que a terra no um ba de recursos mortos, mas um ser vivo. Esse um conceito que precisa ganhar cada vez mais espao, ressaltou o religioso.
4209 UNEP Divulgação




Voltar para o site

..