COP 16 avana pouco, mas d continuidade nos acordos sobre o clima


10/01/2011 - Durante 12 dias, representantes de 194 pases estiveram reunidos em Cancn, Mxico, para a conferncia da ONU sobre mudanas climticas, que terminou em 10 de dezembro. O rascunho final tem trs pilares: compromisso dos pases-membros de aderir segunda etapa do protocolo de Kyoto, que inicia em 2013, a definio da base conceitual do tratado REDD (Reduo de Emisses por Desmatamento e Degradao) e a centralizao no Banco Mundial das doaes para os financiamentos aos pases mais vulnerveis s mudanas climticas, como Kiribati e Maldivas.

Embora os pases signatrios da COP16 sejam responsveis por um tero das emisses globais, a conferncia no conseguiu definir as metas de cortes dos gases de efeito estufa que cada pas dever cumprir. Esses nmeros sero definidos somente na COP 17, em 2011, na frica do Sul. O Brasil foi o nico entre os pases emergentes a anunciar suas metas, com a regulamentao da Poltica Nacional de Mudanas Climticas. Com isso passa a ser o primeiro pas a cortar as emisses em nmeros absolutos a longo prazo, entre 36,1% e 38,9% em 20 anos, emitindo no mximo 2,1 bilhes de toneladas dixido de carbono por ano.

Apesar dos poucos avanos, a conquista considerada mais importante foi o fato de que no haver um vazio de acordo climtico depois que terminar a primeira fase do Protocolo de Kyoto, em 2012. China e Estados Unidos, entretanto, responsveis por mais de 40% das emisses globais, esto fora do protocolo. Outra questo foi o resgate da confiana no processo das conferncias climticas da ONU, que tinha sido posto em xeque na COP15, em Copenhagen, quando no se conseguiu um acordo para substituir Kyoto. Quanto ao tratado REDD, foram previstos investimentos de pases desenvolvidos nos em desenvolvimento para que preservem suas reas florestais.

No incio da conferncia, o Japo ameaou se retirar do protocolo de Kyoto enquanto os pases emergentes e os grandes poluidores, como Estados Unidos e China, no fossem obrigados a cumprir metas na segunda fase do tratado, como o caso dos outros pas desenvolvidos. Superada esta situao, outro problema na ltima seo plenria foi a oposio do representante da Bolvia, que no aceitou o texto final da COP por ach-lo modesto demais.

As ofertas de reduo ps-Copenhagen que foram consolidadas na COP16, segundo as projees dos cientistas, elevam as temperaturas de 2C a 3,5C at 2100, acima do patamar considerado seguro pelo IPCC.

Fontes: Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Naturais do Mxico, Cidades e Solues.2703 *Luciano Trevisol




Voltar para o site

..